O objetivo SenhorExcel- Oficial é ajudar os usuários do Microsoft Office Excel, nas tarefas do dia a dia e resolver de forma simples e fácil as mais diversas situações na utilização do Excel como criação de planilhas complexas, relatórios, gráficos, dashboards, tabelas dinâmicas além dos demais recursos disponíveis.

18 de março de 2012

Como eu faço para gerar um gráfico de parábola.


Primeiro uma explicação sobe as funções de 1º grau – reta e 2º grau – parábola, depois criaremos o gráfico no Excel.
Você poderá representar graficamente qualquer função matemática, a partir de uma função do 1º grau que é formada por uma reta ou uma função do 2º grau que é formada por uma parábola.  

Para uma função do 1º grau - reta
Neste caso essa reta pode ser crescente ou decrescente, isso dependendo do sinal de a.
Quando a > 0, valor a positivo.
Por exemplo, dada a função: f(x) = 3X- 4 ou y = 3X- 4. Para criarmos o gráfico devemos atribuir valores para x, para identificarmos os valores correspondentes em y. Com isso temos os valores para criar o gráfico.
Neste caso observarmos que conforme o valor de x aumenta o valor de y também aumenta, então dizemos função é crescente.
Quando a < 0, valor a negativo.
Por exemplo, dada a função f(x) = - 3X- 4 ou y = - 3X- 4. Para criarmos o gráfico devemos atribuir valores para x, para identificarmos os valores correspondentes em y.
Com isso temos os valores para criar o gráfico.
Neste caso observarmos que conforme o valor de x aumenta o valor de y diminui, então dizemos função é decrescente.
No Excel crie duas colunas:
1.    Digite valores para x
2.    Digite na outra coluna a equação que representa a função f(x) = 3X- 4
3.    B4=    -3,25 e C4= (3*B4)-4
4.    Digite mais alguns valores depois é só inserir o gráfico. Neste caso usaremos o gráfico de dispersão.
5.    O gráfico deverá ficar parecido com a figura, após algumas formatações.



Para uma função do 2º grau – parábola.
Neste caso essa reta pode ser côncava (boca para cima) ou convexa (boca para baixo), isso dependendo do sinal de a.
Quando a > 0, valor a positivo.
Por exemplo, dada a função: f(x) = x2 - 3X- 4 ou y = x2 - 3X- 4. Para criarmos o gráfico devemos atribuir valores para x, para identificarmos os valores correspondentes em y. Com isso temos os valores para criar o gráfico.
Quando a < 0, valor a negativo.
Por exemplo, dada a função f(x) = - x2 + 1 ou y = - x2 + 1. Para criarmos o gráfico devemos atribuir valores para x, para identificarmos os valores correspondentes em y.
Com isso temos os valores para criar o gráfico.
No Excel crie duas colunas:
1.    Digite valores para x
2.    Digite na outra coluna a equação que representa a função f(x) = x2 - 3X- 4
3.    B4 = -5    C4 = (B4^2)-(3*B4)-4     
4.    Digite mais alguns valores depois é só inserir o gráfico. Neste caso usaremos o gráfico de dispersão.
5.    O gráfico deverá ficar parecido com a figura, após algumas formatações.